Qualificando Relações

DBT - conheça a terapia que salvou Selena Gomez

  • Qua, 22 de Março de 2017

    Aos 23 anos, a cantora Selena Gomez tem uma fortuna estimada em mais de 45 milhões de dólares, valor este construído desde o início de sua carreira, quando trabalhava para a Disney.
    Atualmente, ela é a pessoa com mais seguidores no Instagram, 113 milhões – “Eu sempre fui muito vulnerável com os meus fãs. Às vezes digo coisas que eu não deveria, mas sinto que preciso ser honesta com eles.”

    “Assim que eu me tornei a pessoa mais seguida do Instagram, eu meio que surtei. Isso tinha me consumido tanto. Eu dormia e acordava com isso, estava viciada e parecia que eu estava vendo coisas que eu não queria ver, tipo, estava colocando coisas na minha cabeça que eu não queria pensar. Eu sempre acabava me sentindo péssima quando olhava o Instagram. É por isso que eu fiquei meio que fora do ar, quase um fantasma.”

    No ano passado, Selena interrompeu a turnê Revival, faltando ainda 30 shows para o término, e se internou em uma clínica de reabilitação no Tenessee, Estados Unidos. "Chorei no palco mais vezes do que posso contar...Turnês são muito solitárias pra mim. Minha auto-estima estava péssima. Eu estava deprimida, ansiosa. Comecei a ter ataques de pânico logo antes de subir ao palco, ou então logo após sair dele", revelou Selena à Vogue Americana, edição de Abril/17.

    A cantora passou três meses internada numa clínica de reabilitação, onde ficou sem celular e foi submetida à terapia individual e ao grupo de treinamento de habilidades - "Você não tem ideia de o quão bom foi estar apenas com seis garotas reais, gente normal que não dava a mínima para quem eu era, que estavam apenas lutando pelas suas vidas".

    A Terapia Comportamental Dialética foi o tratamento que mais apresentou resultados positivos para Selena, durante sua internação. A cantora segue em tratamento após sua reabilitação.
    "Foi uma das coisas mais difíceis que eu já fiz, mas também foi a melhor coisa que eu já fiz...DBT mudou minha vida completamente.”

    O CEFI tem uma equipe especializada na Terapia Comportamental Dialética que desde janeiro de 2015 trabalha com o atendimento de pacientes em psicoterapia individual e desde agosto de 2015 conta com o treinamento de Habilidades para adultos.
    Em 2016, iniciou com treinamento para pais e familiares de pessoas com desregulação emocional.
    Este ano inova mais uma vez, trazendo à comunidade, treinamento em Habilidades para adolescentes no modelo da DBT.
    Ficou interessado? Agende uma entrevista no 51 3346.1525.
    Texto: psiquiatra Cláudia Muñoz